DSC_3794
janeiro 8, 2015 Blog Nenhum Comentário

 

Este começo de século 21 tem a marca da busca pela sustentabilidade. O crescimento da produção global e o desejo das pessoas por mais conforto começaram a cobrar o seu preço nos recursos do planeta.

Alguns dos nossos bens naturais mais preciosos começam a mostrar-se escassos em alguns lugares. O uso intensivo de combustíveis fósseis levou a crescentes emissões de gases de efeito estufa, que podem gerar um aquecimento global com potenciais resultados danosos para todos.

A percepção deste ciclo produziu uma onda mundial de conscientização. Pessoas, instituições, governos e empreendedores começaram a movimentar-se para alterar este quadro para melhor.

Surge aos poucos um novo equilíbrio. O cidadão, que deseja continuar usufruindo dos confortos trazidos pelas modernas tecnologias, começa também a desejar que estes confortos não sejam conquistados a preços ambientais caros demais.

 

recorte1
Atitude em qualquer escala, todos podemos ajudar o planeta. Da separação do lixo reciclável à adoção de instrumentos de controle de emissões de gases de efeito estufa, tudo se resume a abraçar novas práticas. O mote “reciclar, reusar, reduzir” estimula a sociedade a rever suas relações com a natureza e seus recursos. 

 

 

Pesquisas mostram que a maioria das pessoas já foram impactadas por mensagens de conscientização ambiental, mas grande parte ainda entende que as soluções devem partir dos governos. Mas é crescente o número de pessoas e empresas que engajam-se em ações efetivas de preservação e de recuperação do meio-ambiente. E o plantio de árvores é um formato simbólico desta nova atitude.

Atitude corporativa neste cenário, as empresas e suas marcas começam a procurar um equilíbrio entre a produtividade e a sustentabilidade. Cada vez mais consumidores manifestam sua preferência por marcas ambientalmente responsáveis, a legislação cria crescentes exigências para a atividade produtiva e as empresas buscam respostas para suas relações com a natureza e seus recursos.

 

Nossa Visão

 

Criar e executar modelos econômicos que sejam lucrativos, beneficiem o meio-ambiente, recuperando áreas degradadas e/ou protegendo florestas existentes.

 

Nossa Missão

 

Desenvolver atividades que recuperem e protejam a natureza, gerando experiências excepcionais para o consumidor e sociedade.

 

Written by Denis Trindade