O mundo mudou. Hoje, os gestores das empresas modernas têm tido uma preocupação com uma gestão ambiental eficiente, não só para evitar desperdícios e reduzir custos, mas também para melhorar o relacionamento com seus clientes e seus colaboradores, fatores que levam a organização a prosperar financeiramente.

 

Por isso a importância das boas práticas ambientais nas organizações. Os movimentos ambientalistas vêm se tornando cada vez mais frequentes e populares no mundo inteiro. As pessoas estão se dando conta de como vêm tratando mal o nosso Planeta, pela utilização descuidada de seus recursos, pela poluição e pelo descaso para com seus delicados ciclos naturais.

 

Começam a perceber que sua qualidade de vida depende das condições do ambiente em que vivem, inclusive do ambiente de trabalho. E as empresas descobrem que adotar uma boa prática ambiental previne problemas e economiza recursos financeiros.

 

Boas práticas ambientais

 

Apresentamos alguns exemplos de boas práticas gerenciais ambientais, já adotadas por empresas, que podem ajudar a responder a pergunta: Sua empresa adota práticas ambientais que estimulem resultados ecoeficientes e que colaboram com a qualidade ambiental do local de trabalho? Outra pergunta a ser respondida é: As práticas ambientais estão promovendo mudanças positivas na vida dos colaboradores e clientes?

 

Às empresas, assim como às famílias e aos indivíduos, cabe a promoção do desenvolvimento sustentável, por isso devem ser levados muito a sério conceitos como modernização, tecnologia, conhecimento, otimização de recursos, redução de desperdício, bom senso e responsabilidade na hora de adotar boas práticas ambientais.

 

As boas práticas ambientais implantadas pelas empresas são uma tendência mundial. Elas trazem muitos benefícios à empresa e aos seus empregados, além de provocarem a admiração dos clientes, já que “empresas verdes” são as preferidas na hora de contratar um serviço ou adquirir um bem.

 

São consideradas boas práticas ambientais já adotadas por empresas

 

  •  Menor consumo de água – instalação de sanitários que utilizam pouca água para descarga ou reaproveitar  água da chuva para os sanitário.

  •  Economia de energia – aquisição de lâmpadas econômicas, manter luzes apagadas em ambientes ociosos, ligar  máquinas e equipamentos somente na hora da utilização;

  •  Reciclagem de materiais – gera economia de recursos naturais e financeiros pelo reaproveitamento de  resíduos;

  •  Separação do lixo reciclável – instalação de lixeiras especiais para plásticos, vidros, metais e papeis;

  •  Otimização de papel para documentos – impressão nos dois lados da página, aproveitamento de impressões  para rascunho, e separação de papel para reciclagem;

 

Criatividade e responsabilidade ambiental

 

Muitas empresas estão motivando seus funcionários a adotarem boas práticas ambientais que modificam o estilo de vida de todos. Convencer os empregados a receberem as contas de luz e telefone por e-mail, por exemplo, já garante uma redução bem interessante de papel. Tais contas podem ser pagas via internet, sem impressão de boleto. Paredes com isolamento térmico reduzem a necessidade de uso do ar condicionado.

 

Carona solidária é uma prática que reduz gastos com combustível e emissão de poluentes e deve ser incentivada. A instalação de um bicicletário na empresa pode motivar os colaboradores a utilizar os carros somente para passeios com a família nos fins de semana. Boa ideia, não é? O que você acha de passar um dia com os seus filhos e seus colegas de trabalho plantando mudas em uma área degradada, que necessita de atenção e recuperação ambiental?Algumas empresas já adotam esse “lazer” como forma de sensibilizar os colaboradores para as questões ambientais.


Efetividade

 

Tão importante quanto adotar boas práticas ambientais na empresa e motivar os colaboradores para contribuir na implantação dessas ações, é torná-las efetivas e verificar se o plano ambiental implantado está realmente integrado à rotina operacional. Pesquisas internas e outros serviços de consultoria de empresas especializadas podem ajudar, não só na implantação como na fiscalização do gerenciamento ambiental de uma empresa.

 

Dever de todos

 

É dever de todos trabalhar o máximo possível para o desenvolvimento sustentável, entendendo o papel de cada um nesse processo e as consequências de nossas ações, contribuindo para um futuro melhor para toda a sociedade, agindo individualmente ou coletivamente, em casa ou na empresa, de forma responsável, plenamente consciente do futuro que deixaremos para as próximas gerações. Em qualquer hora, a qualquer momento, pequenos gestos para proteger o meio em que vivemos pode fazer toda a diferença.

 

 Este post foi útil para você? Comente e compartilhe! 

 

Ebook Gratuito

ebook.guiaprimeiros passos

 

 

Written by Editorial Curupira.