junho 2, 2016 Blog Nenhum Comentário

 

Como as árvores podem salvar vidas:

 

As árvores nativas protegem o solo, permitindo maior infiltração da água da chuva e a realimentação de lençóis freáticos e nascentes. Ao mesmo tempo, florestas evaporam mais água, o que ajuda na formação de chuvas e na regulação do clima regional.

Ao crescer, as árvores retiram CO2e do ar e o transforma em madeira, contribuindo para a redução da concentração de dióxido de carbono na atmosfera, principal gás do efeito estufa, responsável pelo aquecimento global.  Além disso, a fotossíntese (troca de CO2e por oxigênio) é responsável  pelo ciclo global do ar que respiramos.

As florestas nativas podem formar corredores ecológicos, que são essenciais para a conservação da biodiversidade – fonte da maior parte dos alimentos e remédios que a humanidade consome.

A degradação dos solos e das florestas nativas constituem ameaças concretas à conservação dos ecossistemas, com consequências para a produção de água doce, para o clima, para a biodiversidade, a produção de alimentos e para a sociedade.

As árvores ajudam a regula as mudanças climáticas. Elas agem como uma camada de isolamento de nosso planeta, ajudando a manter temperaturas regulares. As florestas tropicais são algumas das maiores fixadoras de carbono na Terra.

 

 

As árvores são essenciais para o ciclo da água. 75% da água do mundo vem das florestas, que umidificam o ar por meio de um processo conhecido como evapotranspiração. O ar úmido move-se para outras áreas e é descarregado na forma de chuva, que sustenta o crescimento das árvores e outras plantas. Sem esse processo, grandes regiões, incluindo cidades e áreas rurais, seriam muito mais secas.

As florestas também ajudam a reduzir o risco de enchentes, ao reduzir a velocidade com que a água correm das montanhas e colinas para os rios e córregos, ajudando o solo a absorver a água e liberá-la depois em um fluxo regular. Pelo mesmo processo, as árvores ajudam a melhorar a qualidade da água e reduzir a erosão do solo. Esses benefícios significam que as florestas podem nos ajudar a nos adaptarmos aos efeitos das mudanças climáticas, e não apenas reduzir sua severidade.

As florestas são o lar de mais da metade das espécies vegetais e animais do planeta, além de fornecer o sustento para mais de 1 bilhão de pessoas – 60 milhões das quais dependem completamente delas, como povos indígenas e culturas tribais. A degradação das florestas tem impacto direto sobre milhões de famílias em todo o mundo, devido ao delicado equilíbrio dos ecossistemas florestais.

Por exemplo, pequenos agricultores dependem que certas espécies de insetos e pássaros que vivem em florestas próximas venham às plantações para polinizá-las.

Você não precisa viver perto de uma floresta para que elas façam parte de sua vida. As árvores permitem a fabricação de produtos essenciais que usamos e apreciamos no nosso dia a dia – da madeira usada na construção civil ao papel do qual é feita sua revista favorita.

Além da madeira, as florestas abrigam plantas que fornecem um quarto dos medicamentos do planeta. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer dos EUA, das mais de 3.000 plantas que possuem um efeito ativo contra células cancerígenas, 70% são oriundas das florestas tropicais.

Salvar árvores pode salvar vidas.

 

Referência: Futuro Melhor Unilever.

Written by Denis Trindade